Home

sexta-feira, 14 de setembro de 2012

breves verdades inacabadas




Sempre quando você é minha realidade não há necessidade de sonhar. Sonhos são sempre um mal presságio e desejar é sinônimo de não ter. Sentimentos nunca são inevitáveis e realismo é algo desagradável. A sinceridade não corta quando é rejeitada, o vício não mata quando é rejeitado. O sentimento só vem quando o procuramos e às vezes nem assim.

Existem pessoas que são frias como gelo porque para elas já basta. Existem pessoas que são quentes por dentro por excesso de sentimentos, mas a vida as irá calejar e o frio externo lhes roubará o calor do corpo.

Existem sonhadores, existem divagadores, existem lutadores e existem perdedores.

Sonhadores são aqueles que possuem um desejo, pois reconhecem o que não tem. Eles terão sua alma voltada para a posse de tal elemento, porque estes ocupam suas horas antes de dormir.

Divagadores são sonhadores sedentários.

Sobre os lutadores e os perdedores, nada tenho a falar. Digo apenas que existem e por vezes coexistem. 

É só.



Sobre a Autora:
Érica Prado Érica Prado tem 16 anos, pretende cursar história, ouve metal e reclamações o tempo todo. Gosta de coisas fáceis tipo miojo e, portanto, não gosta da vida. Não, você não pode simplesmente gostar dos dois.
facebook
Comentários
4 Comentários

4 comentários:

Bruna Mesquita disse...

todos nos coextistimos nesse mundo louco que por vezes parece mais uma montanha russa sem fim.

Érica Prado disse...

É bom saber que sou compreendida. :)

Samuel'' disse...

Sem irônia: amei sim. Uma chama que se apaga, e queremos que ela volte a queimar: seus textos lindos.

Érica Prado disse...

Saam <3